RED – Parte 2

A “obra de arte marcante” que coloquei aqui, há dois dias atrás, não é exactamente uma obra de arte, no sentido mais literal da palavra.

Ou melhor dizendo, aquilo não foi feito deliberadamente para ser uma obra de arte. Mas sê-lo-ia, noutro contexto. Se colocada numa exposição, poderia até, quem sabe, tornar-se um ícone da arte contemporânea.

O que me impressiona neste painel é o facto de, por um lado, haver ali um ritmo, nas formas e nas cores, que, foi conseguido, embora de uma forma não deliberada, evidentemente. Por outro lado, o facto de todos aqueles fragmentos remeterem para outros tantos anúncios de produtos que terão criado o tal desejo de posse por carros, bebidas, perfumes, etc., etc.

Dezenas, centenas mesmo talvez, de “eu queria tanto ter aquilo…”

P1010286b

One thought on “RED – Parte 2

Comentários

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s