Diz-se… ou não se diz… eis a questão!

Encontrei este papel a forrar uma gaveta em casa dos meus avós. Trata-se do equivalente a um email anónimo, mas escrito numa época em que, para além de não se sonhar ainda com a internet, nem fotocópias se faziam ainda.

Alguém se entreteve então a dactilografar umas bujardas sobre o staff do Instituto de Oncologia, incluindo o seu Director e fundador, o Prof. Francisco Gentil Martins, em vários exemplares, suponho, cuja distribuição terá sido feita de mão em mão. Manteria o autor o anonimato? Dado o teor de algumas alegações, é de supor que sim…

O facto do documento referir o Prof. Gentil Martins data-o algures nos anos 50.

Escárnio e mal dizer ao mais alto nível. Boatos? Talvez sim, talvez, mas que a coisa tem piada, lá isso tem. Leiam e apreciem.

Diz-se

Pessoalmente, fico com pena de só ter restado a página 9…

Comentários

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s