Ironias do acaso

Aqui há uns dias, apareceu na minha rua um MUPI a fazer publicidade à Tunísia como destino de férias. O slogan era “Tunísia, cá vou eu!” P1020304 (2)Quis o acaso que, passados alguns dias, aparecesse um maluco numa praia da Tunísia, armado com uma Kalashnikov. Chegou ali e disparou a torto e a direito. Matou vinte e uma pessoas e feriu mais dezassete.

alx_atirador-tunisia-20150627-01_originalA campanha publicitária foi um completo desperdício de dinheiro, obviamente. Mas isso é o menos.

Para além dos que morreram na praia, este tipo condena à miséria milhares de Tunisinos que vivem do turismo, num país onde a taxa de desemprego é alta. O que é que se faz a um tipo destes?

Anúncios