Oferta de um Televisor!

O Muito suave oferece um televisor Grundig, vintage, personalizado pelo graffiter Super SPM, ao leitor que fizer o comentário mais original a este post.

P1000488

Este magnífico prémio estará disponível para levantamento na Av. da Liberdade, na loja da Prada. Melhor ainda, está à porta da loja, de modo a permitir a entrega a qualquer hora do dia, para comodidade do vencedor deste passatempo.

Isto se ainda lá estiver, que hoje em dia não se pode confiar em ninguém!

O quê, é mau?!… Olha, olha… Pensavas que isto aqui era a Roda do Milhões, não? Vai mas é trabalhar, pá!!!

Anúncios

Ginginha do Rossio ao rubro

No passado Domingo, vinha do Largo do Martim Moniz em direcção ao Largo de São Domingos, com intenção de ir beber uma Ginginha quando, ao chegar ao fim da Rua Barros Queirós, começo a ver uma multidão.

P1000470

Seria mais uma Manifestação ou… restos da Manif do dia anterior? – pensei – Ou seria algum sururu relacionado com carteiristas ou coisa parecida?

Percebi que não havia cartazes e estava toda a gente muito calminha, pelo que não era nada disso. Entretanto, como o pessoal à porta da Ginginha do Rossio era mais que muito, desisti de beber a dita cuja.

Segui, virei à direita, subi uns metros da Calçada do Garcia, parei para bater uma foto e perguntei a um grupo o que é que se passava ali.

Informaram-me que era o final do desfile dos alunos do Colégio Militar. Todos os anos acaba ali. Fim do mistério.

Foi então que olhei para a porta do Palácio da Independência e deparei com duas raparigas de farda e com muita pinta…

P1000469

A Ginginha do Rossio é um dos sítios de Lisboa onde nunca me canso de ir. Pela ginginha e não só.  Por isso, já várias vezes escrevi sobre coisas à volta da Ginginha:

Fiquei triste (em Nov. de 2007)

A Ginginha do Rossio e as bruxas (em Maio de 2010)

– À conversa à porta d’A Ginginha (em Abril de 2011) e

A morte da Fava Rica do Martim Moniz (Maio de 2011).

Jardins suspensos

Andar de cabeça no ar, literalmente, às vezes tem as suas vantagens.

Quando se passeia dessa forma em Lisboa, por exemplo, podem-se encontrar uns jardins suspensos… como estes!

Muito provavelmente, até já passaram por aqui. Conseguem dizer onde é?

Se eu acrescentar que nesta rua já houve putas no ataque, já adivinham? Pois… eu bem me queria parecer que era dessas vistas que se lembravam!!!

P1000291a

Algumas notas sobre a Rua das Portas de Santo Antão, no DN e na RTP.